59 de 101 – Quem é o maior da mesa?

Quem é o maior da mesa? 

Mesa

Hoje viajei de Ribeirão Preto para Campinas para um encontro de empresários com o objetivo de discutir estratégia de negócios.

Eu já falei um pouco sobre esse tipo de encontro aqui no blog, que geralmente leva o nome de Mastermind. É um grupo de mentes brilhantes que se reúnem com o objetivo de alavancar os negócios umas das outras, através da discussão de estratégias em grupo.

É genial!

E uma parte desse grupo chegou um dia antes, como eu, e jantamos juntos. Quando saí do restaurante, já quase meia noite e com a cabeça cheia de ideias, pensei novamente no poder que há em sentar na mesa certa, e também no desastre que pode ser sentar na mesa errada.

Eu explico.

Já faz um tempo que decidi escolher muito bem as mesas que eu sento, e com muito mais cuidado ainda as mesas onde eu permaneço. E o critério mais importante para isso é responder a seguinte pergunta: Quem é o maior da mesa?

A resposta a essa pergunta nunca pode apontar pra mim. Se em algum momento em descubro que sou o maior da mesa, entendo que essa não é uma mesa onde eu deva permanecer.

Eu posso passar por ela, ajudar o máximo de pessoas que conseguir no tempo em que estiver lá, mas eu preciso rapidamente procurar uma mesa onde não seja eu o maior.

Por que?

Porque quando você é o maior da mesa por muito tempo, você para de crescer. Sentar na mesa com os grandes te faz ficar maior.

Agora é claro que você precisa também se tornar uma pessoa atraente para aqueles que são maiores que você, e pra isso você precisa ter potencial para ser grande.

Você tem?

Se sua resposta for não para essa pergunta, pare tudo o que está fazendo e vá consertar isso. Se você não se acha um gigante em fase de crescimento, você precisa resolver algumas coisas internamente.

Só o fato de você estar lendo este texto aqui no blog já mostra que você é uma pessoa diferenciada. A maioria das pessoas não tem paciência para ler textos como esse.

Esse, inclusive, é um dos motivos mais fortes pelos quais eu decidi escrever 101 textos aqui no blog, ao invés de gravar 101 vídeos com os mesmos conteúdos.

Seria até mais fácil pra mim, mas eu quero tocar um grupo diferenciado de pessoas, e no mundo em que vivemos hoje, especialmente aqui no Brasil, encontrar quem gosta de ler já é um desafio. Tirando, é claro, quem gosta de ler Harry Potter, As Crônicas de Gelo e Fogo, e aquelas coleções maravilhosas, mas que não te ensinam quase nada sobre a realidade da vida.

Tudo o que eu escrevo aqui é com o objetivo de te mostrar o potencial que você tem para sacudir o mundo e chegar onde quiser. Sim, você é foda!

Se você acha que não é, arrume isso.

E se você entende que tem potencial para ser grande, então agora precisa procurar uma mesa de gente grande para sentar também.

É legal sentar à mesa com os amigos e tomar um chope no fim de semana, mas é muito mais poderoso sentar à mesa com homens e mulheres de negócio, com sucesso, para discutirem o seu negócio e os negócios deles.

Mas é claro, essa é a mesa que eu queria sentar. E você, com quem gostaria de estar à mesa hoje?

Se você é um músico, talvez queira sentar à mesa com os maiores músicos do país para discutir os assuntos relacionados ao futuro da música no Brasil e no mundo.

Se você é um escritor, talvez queira se sentar à mesa com os maiores escritores do mundo, para falar sobre os assuntos relacionados ao sucesso do tema.

Enfim, qual é a sua mesa?

Eu achei a minha, e gostaria que você começasse a pensar qual é a sua mesa, e se você está hoje na mesa certa.

Tudo bem errar, mas permanecer no erro não tá tudo bem não.

Então, se você errou de mesa, levanta e vai pra outra. Não fica aí não, você precisa crescer. E você só vai crescer quando sentar à mesa com gente maior que você.

E aí, vamo pra cima?

Giordano Narada
maisdoqueideias

Artigos Relacionados


Giordano Narada

Giordano Narada é empresário, criador da maisdoqueideias, acredita que ideias são sementes de realidade. Idealizador de diversos treinamentos onlines, tem ajudado centenas de pessoas a construir renda a partir da Internet começando do zero, defendendo a ideia de que qualquer pessoa pode empreender se tiver apenas dois elementos simples: Vontade e Informação.

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *