O Ladrão de Alegria

O Ladrão de Alegria


Você conhece algum ladrão de alegria?

Ladrão de alegria é aquela pessoa que, sempre que percebe você feliz, procura saber o motivo para poder criticar.

Se você comprou um produto pela metade do preço, o ladrão de alegria vai dizer que você comprou caro. Se você resolveu criar um produto revolucionário, o ladrão de alegria vai dizer que o mercado não tem interesse nisso. Se você está comemorando os 5kg que perdeu na dieta, o ladrão de alegria vai dizer que você emagreceu muito rápido e que vai ficar doente por isso. E sabe o que é pior? Muitas vezes você aceita o que o ladrão de alegria diz. Aquela crítica entra na sua mente e paralisa você, como um vírus nocivo e poderoso. É muito difícil ouvir um ladrão de alegria e não se contaminar.

O ladrão de alegria é geralmente aquela pessoa que já se decepcionou tanto na vida, já se machucou tanto, já caiu tantas vezes que não consegue admitir a possibilidade de que o mundo possa ser diferente daquilo que ele já viveu. E quando o ladrão de alegria encontra uma pessoa que parece estar enxergando o mundo de maneira diferente, mais leve, positivo, cheio de oportunidades, ele se apressa em tentar “ajudar” esta pessoa a enxergar a realidade, mas a realidade baseada na sua experiência de derrotas.

Tentar convencer um ladrão de alegria de que sua ideia é boa e vai dar certo é quase impossível, porque ele geralmente vai dizer que já tentou isso ou conhece outra pessoa que tentou e não deu certo. Inclusive vai lhe dar conselhos sobre como fazer alguma coisa que seja abaixo daquilo que você quer, mas que dará certo porque ele tem a experiência.

O ladrão de alegria sempre vai tentar diminuir você.

Ele provavelmente lhe contará uma ideia maravilhosa que teve, mas não teve a oportunidade de implementar, por azar. “Esse sim, seria um empreendimento fantástico, pena que não é possível”, diria o ladrão de alegria.

Ele não faz isso de propósito, na maioria das vezes nem percebe. Mas inconscientemente, vai minando as forças e os sonhos das pessoas que estão ao seu redor, por não ser capaz de conviver com a possibilidade do sucesso das outras pessoas. Pelo menos não das pessoas que ele considera que tenham as mesmas chances de sucesso que ele teve, ou menos. O discurso é: “se eu não consegui, claro que você também não vai”.

Se você conhece algum ladrão de alegria, o primeiro conselho que eu lhe dou é… FUJA! Não tente discutir ou “ajudar” o ladrão de alegria, porque ele não vai mudar de opinião. Nem mesmo quando você mostrar que sua ideia deu certo, e alcançar o resultado que você disse que iria alcançar, ou até mais, ainda assim, o ladrão de alegria não mudará de ideia. A amargura faz isso com as pessoas, e geralmente o ladrão de alegria é uma pessoa amarga.

Então ele dirá que foi sorte de principiante, que o momento ajudou, que você não teria conseguido sem a ajuda de fulano, enfim, o ladrão de alegria encontrará todas as justificativas possíveis para não atribuir a você, o seu sucesso. Porque se ele fizer isso, terá de admitir que ele é a causa do próprio fracasso, e isso ele não vai fazer.

Proteja o seu sonho, e corte da sua vida os ladrões de alegria. Algumas vezes, amputações se fazem necessárias.

Giordano Nârada
maisdoqueideias

Giordano Narada

Giordano Narada é empresário, criador da maisdoqueideias, acredita que ideias são sementes de realidade. Idealizador de diversos treinamentos onlines, tem ajudado centenas de pessoas a construir renda a partir da Internet começando do zero, defendendo a ideia de que qualquer pessoa pode empreender se tiver apenas dois elementos simples: Vontade e Informação.

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *