45 de 101 – Discurso de ódio X Empreendedorismo

Discurso de ódio X Empreendedorismo.

delike

Semana passada enviei um e-mail para a minha lista de contatos explicando a minha intensão de criar um grupo de alta performance para empreendedores do mercado digital como eu, e algo de muito curioso aconteceu.

Na manhã seguinte ao e-mail enviado, eu recebi uma resposta de um rapaz, com a seguinte frase:

“Vai te fuder, seu charlatão do caralho!”

Na hora eu fiquei muito triste e enviei um e-mail resposta exigindo desculpas e de fato o rapaz se desculpou. Mas depois disso eu fiquei pensando uma coisa…

O clima no nosso país está tão caótico, com tanta coisa acontecendo na política, tanta gente sendo presa por corrupção, que parece que o Brasil se dividiu em dois lados: Os corruptos e os justiceiros.

Parece que está todo mundo com uma pedra na mão, prontos para arremessar no primeiro que aparecer fora do seu grupo.

Sabe por que o rapaz me chamou de charlatão?

Porque ele tem lido nas redes sociais que quem cria grupos de alta performance no modelo de MasterMind é charlatão.

Este mesmo rapaz nunca esteve em um grupo de alta performance, não conhece ninguém que está ou esteve em um grupo como esses, e ainda por cima, não me conhece.

Estava na minha lista porque resolveu baixar um conteúdo meu, gratuito, que nem mesmo leu.

Porém, o clima está tão raivoso e irracional, que ele preferiu documentar a sua raiva contra tudo que o Brasil está vivendo, escrevendo para mim, como uma forma inconsciente de desabafo.

Depois de passado o sentimento ruim, eu fiquei pensando quantas pessoas estão se sentindo como esse rapaz, e por isso talvez estejam perdendo grandes oportunidades.

Tipo, eu mesmo faço parte de um grupo de alta performance como esse, e muito do que eu cresci e do que meu negócio cresceu no último ano tem a ver com isso.

E se essa fosse a chance de esse rapaz dar um salto na sua vida, mas não deu e não dará porque, ao invés de enxergar isso como uma oportunidade, a enxergou como mais um golpe de pessoas corruptas?

No meu Facebook, todos os dias eu deixo de seguir pelo menos uma pessoa, por falar apenas de charlatões, picaretas, corruptos, ladrões, e sempre com palavras pesadas acompanhando seu discurso de ódio.

Eu sinceramente estou cansado de tudo isso.

O Brasil está como está não por causa dos corruptos que alcançaram o poder, mas sim por conta da corrupção que permitimos entrar em nossas casas, que formam nossas crianças e depois vão parar no poder.

O mesmo cara que faz discurso de ódio contra a corrupção no país faz gato-net, compra CD pirata, fala que está doente para não ir trabalhar quando na verdade não está, trai o parceiro ou a parceira com a colega do trabalho…

…estaciona na vaga de deficiente ou idoso no shopping sem ser deficiente ou idoso, enfim, vivem em seu dia a dia como pessoas corruptas, porém não estão na política.

O que faz você melhor do que eles, se você pratica todas essas coisas no seu dia a dia?

NADA!

São brasileiros no poder, fazendo o que brasileiros fazem, porém no contexto da política.

Entenda isso de uma vez por todas, pare de seguir pessoas que fazem discurso de ódio mas não fazem nada para mudar as coisas, de fato.

E se você é do tipo que faz esses discursos de ódio, apenas pare e vá empreender que é melhor.

Construa algo do qual tenha orgulho e ajude outros a construírem algo assim também. Esse é o caminho, é assim que se acende a luz no meio dessa escuridão toda.

O ódio acaba atingindo quem não merece, e quem realmente merece dificilmente vai te ouvir.

Que você e eu sejamos uma alternativa para quem não aguenta mais viver no meio de charlatões e pilantras, porém, que não sejamos os donos da verdade armados com seus discursos de ódio, disseminando a raiva por onde vão.

Foca no bem e VAMO PRA CIMA!

Giordano Narada
maisdoqueideias

Artigos Relacionados


Giordano Narada

Giordano Narada é empresário, criador da maisdoqueideias, acredita que ideias são sementes de realidade. Idealizador de diversos treinamentos onlines, tem ajudado centenas de pessoas a construir renda a partir da Internet começando do zero, defendendo a ideia de que qualquer pessoa pode empreender se tiver apenas dois elementos simples: Vontade e Informação.

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *