Você não está de SACO CHEIO disso?

man-alone-empty-room_QMTN

Atenção: esse texto contém altas doses de sinceridade que podem chocar alguns leitores. 

Você não está DE SACO CHEIO de andar na média? De ser só mais um na multidão? De reclamar da Segunda Feira como todo mundo que faz o que não gosta, mas precisa porque, se não for trabalhar, vai faltar comida na mesa?

Você não está DE SACO CHEIO de ter que escolher se vai comprar um presente de natal pro seu filho ou se guarda o dinheiro pra comprar o material escolar em Janeiro? De pegar ônibus lotado porque não pode ter um carro ou porque não tem dinheiro pra pegar um táxi pra casa?

Você não está DE SACO CHEIO de ver algumas pessoas tendo um sucesso incrível e sendo felizes no que fazem, enquanto você só fracassa na vida?

Você não está DE SACO CHEIO de ser um fracassado que não consegue viver seus sonhos porque tem que escolher entre ser feliz e pagar suas contas?

Vou te contar uma coisa: meu ano do saco cheio foi 2013, quando eu passei o ano novo na recepção de um motel em Santa Catarina, trabalhando.

Sim, eu era recepcionista de motel no turno da madrugada.

E não tem nada de errado em ser um recepcionista de motel, a não ser quando você não quer realmente estar ali.

Eu estava lá porque eu precisava pagar as minhas contas, não porque eu queria estar lá.

Na verdade eu queria estar com as pessoas que eu amava, estourando champagne e vendo os fogos na praia, mas eu não podia. Eu tinha que trabalhar para pagar as contas, sustentar a família e cuidar das pessoas que dependiam de mim.

Eu tinha responsabilidades.

Essa era a mentira que eu contava pra mim mesmo naquela época. Era assim que eu tentava me esconder do meu fracasso, debaixo da máscara da responsabilidade.

Era medo.

Eu tinha falido uma empresa no final de 2011. E tinha fracassado de novo, em uma nova tentativa de empreender no começo de 2013.

Fiquei com medo de fracassar de novo, e por medo de fracassar, aceitei trabalhar como empregado de alguém…

De novo, não tem nada de errado em ser empregado para você que quer ser um empregado.

Mas EU SOU ALÉRGICO A EMPREGO!!!

Odeio ter que trabalhar para alguém, com todas as minhas forças. Mas me sujeitei a isso por medo.

Por medo de fracassar, fracassei.

O grande lance aqui é que você fracassa quando se deixa vencer pelo medo, sempre. E o medo sempre vai te colocar “de quatro” pra vida.

Se você se deixa vencer pelo medo, vai ser apenas mais um na multidão, um Zé Ninguém, um Zero à Esquerda pedindo a Deus que a Segunda-Feira demore mais pra chegar, porque você odeia a sua vida, mas não ter coragem de virar a mesa.

2015 está terminando e eu quero te convidar a deixar de ser frouxo e começar a virar homem de verdade.

(E não é porque o texto está no masculino que não vale para as mulheres também. Não pense que você ficou livre do puxão de orelha não, moça).

O mundo está precisando de adultos, de gente que levanta da bunda da cadeira, para de dar desculpas e vai lá fora fazer acontecer.

Gente que ao invés de ficar reclamando da Dilma no Facebook investe seu tempo na Internet procurando descobrir uma maneira de virar o jogo.

Gente que bate no peito e diz “é comigo, deixa que eu chuto” e vai com tudo pra cima dos problemas, pra resolver.

Eu também estou DE SACO CHEIO de ver tanta gente com potencial pra mudar o mundo desperdiçando seu tempo falando mal dos outros ou transferindo sua responsabilidade de mudar as coisas para o governo, por exemplo.

2016 será o melhor ano que eu já tive na vida. Não porque eu seja um cara otimista ou esperançoso. Não. Será porque eu decidi, planejei e sei exatamente o que fazer para chegar lá.

É assim que adultos fazem. Eles decidem e vão buscar o que querem.

Você só precisa de 3 coisas para ter sucesso em qualquer coisa que você decidir fazer:

1 – Saber EXATAMENTE o que quer

2 – Foco ABSOLUTO

3 – Obstinação EXTREMA

Essas 3 coisas são a chave para abrir qualquer porta nessa existência, prometo a você.

O que não funciona é “coitadismo”, é se esconder na barra da saia do medo. Se não tentar, não funciona. Se não correr riscos, não vence na vida.

Aliás… até funciona, mas pra ficar na média. Pra ser mais um. Pra ficar do lado de fora da vida ouvindo o som de festa para a qual você não foi convidado.

2016 chega em poucos dias e, se eu fosse você, aproveitava essa virada pra VIRAR A MESA também.

Você não está de saco cheio de ser um FRACASSADO?

Então vira essa mesa AGORA e em 2016…

VAMO PRA CIMA!

Giordano Narada
maisdoqueideias

PS.: Sim, eu sei, o texto é um pouco pesado e eu uso muitas vezes palavras que talvez você não goste ou até se sinta um pouco ofendido. É de propósito. Mesmo que você não goste mais de mim depois desse texto, pelo menos deixe de ser covarde e vire o jogo na sua vida.

Giordano Narada

Giordano Narada é empresário, criador da maisdoqueideias, acredita que ideias são sementes de realidade. Idealizador de diversos treinamentos onlines, tem ajudado centenas de pessoas a construir renda a partir da Internet começando do zero, defendendo a ideia de que qualquer pessoa pode empreender se tiver apenas dois elementos simples: Vontade e Informação.

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *