A Sabedoria de um Sniper

sniper

Você sabe o que é um atirador de elite?

É um daqueles soldados que carrega uma arma com uma espécie de telescópio em cima. Muitas vezes, o atirador de elite se embrenha no meio do mato por dias e espera. Ou se posiciona no telhado de um prédio e… espera.

A função de um atirador de elite, ou sniper, como dizem os americanos, é geralmente dar um único tiro. Quanto menos tiros um sniper for capaz de dar para derrubar seu alvo, melhor é o atirador.

Um sniper não usa metralhadoras nem desperdiça munição. Se ele tem um alvo, sabe que precisa apenas de três coisas: o lugar certo, o momento certo, e uma bala.

É possível que o sniper em missão gaste dias, até semanas se movendo com calma, procurando o ângulo perfeito. Quando o encontra, ele espera. E quando chega a hora, ele calcula a velocidade do vento, a distância do alvo, reduz o ritmo de sua respiração e então… e só então… ele atira!

Sabe o que acontece com a gente? Acontece que a gente quer ser o Rambo. Nos equipamos com nossas metralhadoras imaginárias e saímos atirando pra todo lado, torcendo pra acertar alguma coisa. Quando a gente consegue acertar é uma festa, nos orgulhamos do sucesso alcançado, mas se precisar fazer de novo… vish… ferrou.

A gente não sabe nem como chegou ali, quanto mais repetir o feito. Se tirarem de nós o que conquistamos, a chance é enorme de nunca mais conseguirmos voltar a conquistar o que perdemos. Isso é porque vivemos com uma metralhadora na mão, quando deveríamos viver como um sniper.

Um sniper tem estratégia, tem tática, se apressa só quando é extremamente necessário. Se não for, ele está sempre calmo. Snipers não desperdiçam palavras nem ações. Se erram não se lamentam, apenas fazem o que for necessário para corrigir o erro e continuam. Se não dá pra corrigir, vivem com as consequências.

Um sniper sabe que quando o vento muda, ele tem que mudar com o vento. Não se pode dar o mesmo tiro com ventos diferentes. Algumas vezes é só fazer uma ligeira inclinação na arma, outras vezes é preciso mudar de lugar, de posição, mudar TUDO.

Percebi que vivi boa parte da minha vida dando tiro pra todo lado. A maioria de nós é assim. Mas quando eu descobri isso, decidi que queria ser sniper. E agora, nessa nova fase, tenho experimentado os efeitos de ser mais estratégico. Os resultados são muito superiores.

Agora eu preciso fazer três vezes menos esforço pra conseguir o mesmo resultado de antes, e por conta disso, tenho mais tempo pra pensar e definir estratégias melhores ainda.

Quando dizem que quem trabalha demais não tem tempo pra ganhar dinheiro, é a mais pura verdade. Quem trabalha demais não tem tempo pra pensar, e o dinheiro está no conhecimento, na sabedoria, na estratégia.

Mas isso não vale só para os negócios, vale pra qualquer coisa na vida. Quem tem a melhor estratégia, vence o jogo. E esse jogo não é de quem tem mais balas no pente, mas sim de quem sabe usar o que tem, mesmo que seja só uma bala.


Na vida não se joga Damas, se joga Xadrez.

Gaste mais tempo adquirindo conhecimento do que trabalhando. Assim seu trabalho será mais efetivo, e logo você não irá precisar mais trabalhar tanto.

Não tenha pressa até saber se está realmente no caminho certo, e só então corra.

Não seja estúpido a ponto de achar que mode mudar o curso do vento. Entenda o vento, e use-o a seu favor.

E por último, não saia por aí atirando pra todo lado. Uma bala na direção certa pode acabar com uma guerra, muito mais do que um exército inteiro gastando munição.

No jogo de Damas, você tem que comer todas as peças do oponente. No jogo de Xadrez, você só precisa derrubar o rei.

Assim é no jogo, assim é na guerra, assim é na vida.

Giordano Nârada
maisdoqueideias
facebook/Twitter

PS. Não esqueça de cadastrar o seu e-mail para ser avisado sempre que houver um novo post no blog. Cadastre seu e-mail CLICANDO AQUI!

Giordano Narada

Giordano Narada é empresário, criador da maisdoqueideias, acredita que ideias são sementes de realidade. Idealizador de diversos treinamentos onlines, tem ajudado centenas de pessoas a construir renda a partir da Internet começando do zero, defendendo a ideia de que qualquer pessoa pode empreender se tiver apenas dois elementos simples: Vontade e Informação.

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *