A Manada

manada

Manada é um conjunto de animais da mesma espécie que geralmente vivem juntos, se deslocam juntos, se alimentam juntos e tem os mesmos hábitos.

São uma alma-grupo. Não pensam nem agem separadamente. Se um corre assustado, todos correm também, ainda que não saibam por que. Algumas vezes a manada tem um líder, mas de um modo geral, lidera quem reage primeiro a alguma ameaça, ou a alguma necessidade como quando um membro do grupo encontra água. O primeiro que viu segue para o rio e os demais o seguem.

Tenho observado o mesmo comportamento de manada no ser humano, e confesso que isso me irrita profundamente.

Inconscientemente, a grande massa segue o fluxo. Onde tem mais gente, é onde o povo vai. É o tipo de gente que não pode ver uma fila grande que para pra perguntar pra que é a fila. Gente que para pra dar uma espiadinha no corpo estendido no chão da pessoa que acabou de ser atropelada. O tipo de ser humano que se junta pra linchar outro ser humano em nome de um senso de justiça deturpado e animalizado…

Gente que entra em briga de torcida de futebol, que invade as lojas em dia de Black Friday, que acompanha a moda, enfim, gente que segue um grupo de pessoas em uma determinada direção e, quando você pergunta a razão de ela fazer isso, ela simplesmente não sabe. Faz porque é legal, porque viu na TV que todo mundo está fazendo, usa a roupa porque “tá usando”, que é a frase que eu mais ouço quando uma mulher quer comprar uma roupa da moda: “vou comprar porque tá usando”.

É por isso que insisto na importância de você conhecer a si mesmo e encontrar aquilo que você nasceu pra fazer, sua Verdadeira Vontade. Mas isso não é possível se você tem o comportamento de manada.

A valorização da individualidade é a única coisa capaz de permitir que você descubra o que é que vai realizar você na vida. Enquanto você seguir as tendências, nunca encontrará seu próprio caminho. Não quer dizer que seu caminho nunca vá acompanhar uma tendência, mas antes de acompanhar uma tendência, é preciso descobrir quem você é. E quando você descobrir isso, vai saber qual onda surfar.

Sempre que vejo muita gente fazendo a mesma coisa, fico desconfiado. Na maioria das vezes, onde a maioria está é onde eu não deveria estar. Não quero dizer com isso que nós nunca caminharemos na mesma direção como humanidade, não é isso. Estou dizendo que o caminho para se trilhar é o caminho da consciência, e hoje no mundo, não existe multidão consciente. Na maioria das vezes (talvez sejam todas as vezes), a multidão sempre está seguindo em direção ao precipício.

Eu sei que quem não anda com a manada é considerado de outra espécie, muitas vezes desprezado pelo grupo. Mas a pergunta que fica é: por que é tão importante ser aceito pelo grupo? Por que você precisa tanto que as outras pessoas gostem de você?

Eu não estou aqui para agradar a ninguém, estou aqui para mudar as coisas. Não admito que a minha passagem nessa existência não deixe a sua marca. Eu nasci para causar um impacto na minha geração, e sei que nunca conseguirei isso me diluindo na manada. E isso também vale pra você.

Minha dica de hoje é, pense antes de fazer as coisas. Se pergunte por que você está fazendo isso ou aquilo. Se é porque você quer de verdade, ou porque você está seguindo o fluxo, reagindo, ou se deixando levar pela onda.

Destaque-se sendo você mesmo!

Giordano Nârada
maisdoqueideias

Giordano Narada

Giordano Narada é empresário, criador da maisdoqueideias, acredita que ideias são sementes de realidade. Idealizador de diversos treinamentos onlines, tem ajudado centenas de pessoas a construir renda a partir da Internet começando do zero, defendendo a ideia de que qualquer pessoa pode empreender se tiver apenas dois elementos simples: Vontade e Informação.

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *